Observador eleitoral assassinado na Província de Gaza

Anastácio Matavel, líder de missão de observação eleitoral e activista da sociedade civil na Província de Gaza, foi assassinado nesta segunda-feira (07) à tiro na Cidade de Xai-Xai por desconhecidos que trazem à memória os "esquadrões da morte" criados em Moçambique e que atacaram vários opositores do partido Frelimo.

Colegas contaram que Matavel havia acabado de dirigir a sessão de abertura de uma formação de observadores eleitorais e dirigia-se a sua viatura quando foi barbaramente baleado à queima roupa, mais do que uma vez.

Anastácio Matavel, Director executivo do Fórum das Organização Não Governamentais (FONGA) na Província de Gaza e representante da Organização de monitoria eleitoral Sala da Paz, ainda foi transportado o Hospital Provincial de Gaza mas acabou por não resistir aos tiros.

De acordo com a Sala da Paz o crime terá sido cometido por quatro indivíduos desconhecidos que na tentativa de fugirem do local do assassinato envolveram-se num acidente de viação onde dois dos meliantes terão morrido. A Polícia da República de Moçambique deteve um cidadão que sobreviveu ao sinistro.

Há indicações que os criminosos terão ligação a algum ramo das forças governamentais especiais o que a confirmar-se reaviva os "esquadrões da morte" criados em 2012 e que atacaram vários opositores ao partido Frelimo como se acredita ter sido os casos dos assassinatos de Gilles Cistac, Filipe Jonasse Machatine, Aly Jane, José Manuel, Jeremias Pondeca e Mahamudo Amurane.

Mas Anastácio Matavel tornou-se na 36ª vítima de uma das mais mortais campanhas eleitorais no nosso país. Durante o primeiro mês da campanha para as sextas Eleições Gerais foram sido registados 34 mortos, a maioria em resultado de acidentes de viação, somente dois cidadão foram assassinatos em confrontos por incompatibilidades políticas.

Contudo na noite do passado dia 1 de Outubro três desconhecidos balearam mortalmente um cidadão na localidade de Chaiva, Distrito de Mossurize, na Província de Manica, que foi identificado como sendo o representante do partido Frelimo na região.

Pin It

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *