Migrantes ilegais vindos da Etiópia detidos em Manica

A Polícia da República de Moçambique deteve, no Distrito de Bárue, na Província de Manica, 15 cidadãos com nacionalidade etíope que entraram no nosso país ilegalmente e tentavam chegar à África do Sul.

O porta-voz dos Serviços provinciais de imigração, Jorge Machava, disse a jornalistas que o grupo estava a ser transportado numa viatura com matrícula sul-africana foi interceptado quando se encaminhava para a fronteira de Machipanda para entrar em território do Zimbabwe.

Jorge Machava esclareceu que o grupo é composto por dez mulheres e cinco homens, com idades entre os 17 e os 40 anos de idade, e que os documentos que apresentarem revelaram que o grupo viajou legalmente até ao Malawi, entrou ilegalmente em Moçambique e tinha como destino final a África do Sul.

A autoridade de imigração revelou que esta é a rota habitual dos migrantes ilegais que tentam chegar a maior economia da Região aproveitando as facilidades da fronteira entre o Malawi e Moçambique e entre o nosso país e o Zimbabwe.

Só no 1º semestre desde ano foram detidos 150 estrangeiros na Província de Manica, mais 20 do que em igual período de 2018, que haviam entrado ilegalmente em Moçambique.

Pin It

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *