Índia é o principal destino das exportações de Moçambique, pelo segundo ano consecutivo

Maior comprador do carvão produzido em Tete a Índia foi, pelo segundo ano consecutivo, o principal destino das exportações de Moçambique em 2018. Os Países Baixos foram o segundo destino dos produtos nacionais, seguido pela África do Sul.

Há dois anos que o país asiático assumiu a liderança nas compras em Moçambique fundamentalmente devido a aquisição do carvão mineral que é produzido na Província de Tete. No ano passado, segundo o Instituto Nacional de Estatística, a Índia foi responsável por 1,4 bilião de dólares em exportações, 27,32 por cento do total, no entanto menos do que o 1,6 bilião de dólares que gerou em 2017.

Os Países Baixos, destino formal do alumínio produzido pela Mozal, recuperou a posição de segundo destino das exportações de Moçambique gerando 871 milhões de dólares. Em 2017 tinha sido o terceiro maior importador do nosso país.

A África do Sul, que em 2016 liderou a importações no nosso país, passou da segunda posição em 2017 para o terceiro maior destino dos produtos moçambicanos, 613 milhões de dólares foi o montante fundamentalmente resultante da compra do gás natural produzido em Inhambane e da energia gerada em Tete.

Pin It

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *