Catequista católico viola menor na Zambézia

Um cidadão de 29 anos de idade, catequista na igreja Católica, é acusado de de cárcere privado de uma menor de 15 anos que terá violado no Distrito de Gilé, na Província da Zambézia.

De acordo com a vítima que foi resgatada da residência do catequista onde foi mantida contra a sua vontade durante 3 dias pela Polícia da República de Moçambique terá violado repetidas vezes e disse-lhe para justificar a sua ausência com o estudo da bíblia.

Após ser detido o acusado foi libertado e aguarda julgamento.

Pin It

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *