Autoridades prendem supostos bandidos na posse de pontas de marfim em Nampula

A Polícia da República de Moçambique (PRM) e o Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC), em Nampula, detiveram três cidadãos acusados de banditismo, falsificação de dinheiro, posse ilegal de pedras preciosas e pontas marfim. Um dos indiciados foi ferido a tiro quando supostamente tentava fugir e está sob cuidados médicos.

Durante a operação, as autoridades policiais alegam ter recuperado das mãos dos presumíveis criminosos pelo menos sete pontas de marfim, 40 quilogramas, quatro volumes papéis usados para falsificar dinheiro, quatro notas em dólares falsas e uma pequena quantidade de cobre.

Dois indivíduos encontram-se a ver o sol aos quadradinhos nas celas da segunda esquadra da PRM na cidade de Nampula. Eles admitiram o seu envolvimento nos crimes de que são acusados, mas justificaram que foram arrastados pela necessidade de sobrevivência.

O terceiro incriminado, considerado cabecilha do grupo, encontra-se no leito do Hospital Central de Nampula (HCN), na resultado de ter sido baleado numa das pernas quando alegadamente pretendia fugir, segundo Zacarias Nacute, porta-voz da PRM em Nampula.

Pin It

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *