Autárquicas 2018: Depois de quatro mandatos no JPC e MDM, Carlos Tembe aventura-se na SCM

Cidadãos filiados ao movimento cívico designado Solidariedade Cívica de Moçambique (SCM) candidataram-se, na quarta-feira (08), na cidade de Maputo, única autarquia onde o seu cabeça-de-lista pretende concorrer a edil nas eleições de 10 de Outubro próximo.

Carlos Tembe, de 52 nos de idade, durante três mandatos [15 anos] foi membro da bancada Juntos Pela Cidade (JPC), na Assembleia Municipal de Maputo (AMM). Esta passa a chamar-se Assembleia Autárquica de Maputo, à luz da recém-aprovada lei eleitoral pelo Parlamento. Ele cumpriu também um mandato [5 anos] pela bancada do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), naquele órgão deliberativo.

O SCM é maioritariamente constituído por jovens. O aspirante a edil de Maputo, a capital e cidade mais importante de Moçambique, é igualmente pastor.

Após a candidatura no Centro Internacional de Conferências Joaquim Chissano (CICJC), onde a Comissão Nacional de Eleições (CNE) se instalou para garantir celeridade ao processo, Carlos Tembe disse que conhece a capital do país, os seus problemas e pretende “trazer soluções”.

“Quem conhece Maputo, nos últimos 20 anos, sabe que tem problemas de mobilidade [transporte], mercados” não devidamente organizados e o desemprego.

“Nós como movimento cívico temos soluções (...)” para que a urbe “seja de facto uma capital económica”.

Tembe alegou que no MDM não teve espaço para mostrar trabalho e gostaria de aplicar a sua experiência de 20 anos como membro da assembleia municipal para materializar o slogan da SCM: “Juntos Vamos Servir Maputo”.

As candidaturas para as quintas eleições autárquicas, a realizarem-se no dia 10 de Outubro, decorre de 06 a 13 de Agosto corrente.

Pin It

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *