Acidente de viação mata em Maputo e aumenta para 41 óbitos este ano em Moçambique

Quatro pessoas morreram e outras 13 ficaram grave e ligeiramente feridas, em consequência de um acidente de viação, ocorrido na manhã de quinta-feira (10), na cidade de Maputo. Com este sinistro, eleva-se para 41 o número de óbitos e 84 feridos, na primeira semana de Janeiro em curso, em alguns pontos de Moçambique.

O acidente aconteceu por volta das 07h00, na estrada circular de Maputo, envolvendo um minibus de transporte semi-coletivo de passageiros, com a chapa de matrícula AHE 070 MC, que fazia a rota Zimpeto/Costa do Sol.

António Tamele, motorista do referido minibus, despistou e embateu violentamente num separador central físico da estrada.

Ele presumiu que a desgraça pode ter resultado da falta de ar num dos pneus de trás, por sinal a parte que mais sofreu na sequência do despiste e colisão.

No local do acidente, um agente da Polícia de Trânsito (PT), cuja identidade não apurámos, disse que a causa da tragédia pode ter sido o excesso de velocidade.

É que na altura do despiste, o automobilista percorreu pelo menos 200 metros, em apuros, tentando evitar o embate violento no referido obstáculo fixo, que também sofreu danos.

Mara Ribeiro, médica chefe no Hospital Central de Maputo (HCM), disse que deram entrada na unidade sanitária a que está afecta 17 vítimas, das quais quatro sem vida.

Dos 13 sobreviventes, um foi imediatamente submetido à cirurgia devido a lesões severas na cabeça e no abdómen. Os restantes pacientes, também em estado preocupante, estavam em observação na sala de cirurgia.

Na terça-feira (08), o porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), disse que, na semana finda, 37 pessoas perderam e outras 71 contraíram ferimentos, em algumas estradas moçambicanas, devido a 36 acidentes de viação.

Pin It

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *